Archives by date

You are browsing the site archives by date.

90º Enic já está com inscrições abertas

Já estão abertas as inscrições para a 90ª edição do Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic). Programado para o período entre 16 e 18 de maio de 2018, o mais tradicional evento do setor reunirá mais de 1,5 mil empresários de todo o país em Florianópolis, capital catarinense. O local escolhido foi o Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira.

Ao todo, os 14 sindicatos do setor atuantes em Santa Catarina, dentre eles o Sindicato da Indústria da Construção de Blumenau, serão apoiadores e organizadores do Enic. O encontro é realizado anualmente e o tema central proposto para 2018 é “Inovar e crescer, construindo um país melhor”, trazendo à tona um importante debate sobre os temas da agenda nacional e do setor, assim como abre um espaço para a troca de conhecimentos, exposição de produtos, serviços e novas tecnologias, mantendo esse importante segmento da indústria mundial atualizado.

As inscrições podem ser feitas pela internet, com valor especial até o dia 30 de novembro. Clique aqui e faça já a sua inscrição.

Fonte: Cbic

Presidente da Anicer participa de CNI Sustentabilidade

Hoje, em Brasília, aconteceu o CNI Sustentabilidade 2017, em que o presidente da Anicer, Natel Moraes, esteve presente representando o setor de cerâmica vermelha brasileiro.

Passados cinco anos da Conferência Rio+20 e da primeira edição do CNI Sustentabilidade, a indústria se reuniu para apresentar os avanços do setor na agenda da sustentabilidade. No encontro, 14 setores industriais – além do Sesi, Senai e IEL, lançaram relatórios que reportam de forma pragmática como a indústria vem fazendo a sua parte.

Robótica, internet das coisas, realidade virtual, inteligência artificial, big data, nanotecnologia, indústria 4.0 – são alguns dos exemplos de tecnologias disruptivas que vêm mudando a forma como enxergamos e interagimos com o mundo. Refletir como essas inovações podem afetar o ambiente de negócios e impactar o crescimento sustentável de economias como a do Brasil foi um dos objetivos desta 6ª edição do CNI Sustentabilidade.

Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, lançados pela ONU, em 2015, têm sido uma relevante ferramenta para a comunicação de ações e iniciativas em prol do Desenvolvimento Sustentável. O potencial transformador dos ODS, no entanto, estão em permitir que empresas e corporações identifiquem novas oportunidades de negócios e de criação de valor, assumindo o protagonismo nos negócios sustentáveis. “A sustentabilidade sempre esteve entre os principais motes do nosso setor e aqui ficou muito claro que precisamos ir além da sustentabilidade em relação ao meio ambiente. Temos também que pensar na sustentabilidade econômica, social, financeira e todas as outras vertentes que influenciam diretamente no futuro da indústria”, explicou Moraes.

O evento também debateu experiências internacionais sobre instrumentos econômicos para a precificação de carbono e a agenda de mudança do clima no Brasil, para o cumprimento dos compromissos assumidos na COP-21 (Acordo de Paris).

Entra em consulta nacional a Norma ABNT NBR 15.270-2

O projeto de revisão da norma ABNT NBR 15.270-2 Componentes cerâmicos – Blocos e tijolos para alvenarias estrutural, de vedação e racionalizada – Parte 1: Requisitos e – Parte 2: Métodos de ensaio, elaborado pela Comissão de Estudo Especial de Cerâmica Vermelha (ABNT/CEE-179), está disponível para Consulta Nacional, no site da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Nesta etapa, qualquer pessoa ou entidade interessada no tema objeto da normalização pode visualizar, imprimir e enviar comentários e sugestões ou então recomendar a sua desaprovação, devendo, neste caso, apresentar as objeções técnicas que justifiquem sua manifestação. Caso não seja associado ou não tenha um login de acesso de outras comissões, é possível se cadastrar gratuitamente para acessar o projeto em http://www.abntonline.com.br/consultanacional. Para encontrar o projeto basta clicar em “pesquisar por comitê” e depois em ABNT CB-179 Cerâmica Vermelha.

Entre as propostas do projeto de revisão estão: absorção de água, marcação, dimensões de septos e paredes, inclusão dos tijolos maciços e perfurados, criação de classes de acordo com aplicação, entre outras.

A gestão deste processo de revisão ficou à cargo da Anicer e contou com participação de diversas entidades, sindicatos, associações, universidades, indústrias cerâmicas, laboratórios, consultores e profissionais, além dos engenheiros Guilherme Parsekian e Ronaldo Bastos Duarte.

nota_popup_05062017